• PARTILHAR:

Suturar a ferida, agulha e linha na pele

Aviso importante: vai precisar de pontos de sutura se fizer uma ferida profunda que atinja a gordura subcutânea. Os pontos para suturar a ferida vão ajudar a cicatrizar a pele e a acompanhar a recuperação dos tecidos. Descrevemos abaixo os casos em que vai precisar de recorrer necessariamente a um "remendo".

Os pontos são necessários se a ferida for profunda

Antes de recorrer logo aos pontos, avalie a profundidade da sua ferida. É tão profunda que consegue ver o tecido adiposo ou mesmo osso? Não hesite e recorra às Urgências: precisa seguramente de suturar a ferida com pontos.

Consegue fechar a ferida com os dedos da mão?

E depois da profundidade, avalie também a largura da sua ferida. Se conseguir juntar com os dedos os dois lados da ferida, não vai ter que recorrer à sutura com pontos. Precisamente nestas situações, uma boa ligadura, uma gaze, uma faixa adesiva ou um penso com a medida adequada poderão facilmente substituir os pontos.

Se tiver uma ferida nas pernas e dedos, é provável que se recorra aos pontos

Viu onde se encontra a sua ferida, em que parte do corpo? Se tiver um corte na perna ou nos dedos ou em outras zonas que mexe frequentemente, deverá precisar de pontos para evitar que a ferida abra novamente. O médico dirá se precisa de pontos ou menos. Uma ferida na testa, dado que não é uma parte do corpo que movimente com facilidade, poderá cicatrizar de uma forma natural, sem pontos.

Então quando deve suturar a ferida com pontos?

Se percebeu que tem uma ferida que precisa de ser suturada com pontos, a sugestão é recorrer imediatamente ao hospital. Note, porém, que os pontos de sutura devem ser colocados no espaço de 12 horas a partir do momento do traumatismo, sobretudo se afetar uma área sensível como o rosto.

Foi útil para si?

Este formulário não necessita de resposta. Para qualquer dúvida ou pedido de informações, utilize o formulário na página "Contactos".

Também pode estar interessado em:
  • Quando a sua ferida fica infetada

    Feriu-se e tem medo que a sua ferida infete? Para ter a certeza e ficar tranquilos, encontram-se aqui os sinais para aprender a reconhecer os sintomas principais de uma infeção. Se não detetar nenhuma destas campainhas de alarme, ...

    Saiba mais
  • Após uma cirurgia, a ferida cirúrgica precisa de si!

    As feridas cirúrgicas não são brincadeira: por isso é importante conhecer as regras e as soluções para uma cicatrização rápida. Primeiro passo: manter limpo o espaço onde passa o seu tempo. Depois, para o tratamento, precisará ...

    Saiba mais
  • A ferida, uma fratura na pele

    As feridas são as lesões da pele que interrompem a sua continuidade. É como se, na superfície do corpo, se abrisse uma fratura, uma laceração. Pode ser uma ferida "de nada" ou algo mais grave: a palavra ferida é usada com ...

    Saiba mais
Pode interessar-lhe
  • Penso pós-operatório AquaBloc

    É um curativo impermeável para feridas cirúrgicas extensas com gaze antibacteriana (clorexidina), fina e transparente. Piscina, mar ou duche deixaram ...

    Saiba mais
  • Compressas Stericompress

    As compressas Stericompress são gazes estéreis de algodão hidrófilo

    Saiba mais
  • Adesivo para fixação Sensitive Fix

    Adesivo de seda em bobina, indicado na fixação de gaze ou medicação de forma prolongada, em pele delicada e sensível.

    Saiba mais